UNICEUNA - Centro Universitário Natalense

Esqueci minha senha | Como acessar

Mapas Mentais: o que são, para que servem e como criá-los

Mapas Mentais: o que são, para que servem e como criá-losImagem: Freepik

No mundo acadêmico, encontrar métodos de estudos eficazes para assimilar informações e organizar conteúdos é fundamental para um melhor aprendizado.

Entre as principais ferramentas de estudo, os mapas mentais têm ganhado cada vez mais destaque entre os universitários, oferecendo uma abordagem visual e estruturada para a compreensão de conceitos complexos.

Se você está curioso para saber o que é essa prática, para que serve e como colocá-la em prática, você veio ao lugar certo: acompanhe a leitura!

Afinal, o que são mapas mentais? Conheça suas vantagens!

Mapas Mentais: o que são, para que servem e como criá-losImagem: Freepik

Mapas mentais são representações visuais que organizam informações de maneira hierárquica, destacando conexões e relações entre conceitos.

Desenvolvidos para espelhar a estrutura natural da mente, a construção e revisão desses gráficos simplificam a compreensão de tópicos complexos, estimulando a criatividade e a associação de ideias.

Os mapas mentais podem ser utilizados para estudar qualquer tipo de conteúdo, sendo completamente adaptativo às suas necessidades. Entre suas vantagens, podemos destacar:

  • Oferecem uma visão ampla do conteúdo;
  • Estimulam a criatividade;
  • Auxiliam no aumento da memorização;
  • Oferece mais agilidade para as revisões;
  • São adaptativos aos diferentes estilos de aprendizado;
  • Contribuem para um aprendizado multidisciplinar.

Aprenda a criar bons mapas mentais em apenas 10 passos

Mapas Mentais: o que são, para que servem e como criá-losImagem: Freepik

Se você quer adotar a prática de criar mapas mentais, é essencial compreender e aplicar alguns princípios fundamentais.

Estes princípios fornecem a base para a criação de mapas mentais eficientes e visualmente atrativos. Conheça os elementos-chave:

1 - Comece pelo centro:
O ponto central do mapa mental deve conter o conceito principal ou tema central. A partir desse ponto, você pode começar a adicionar “ramificações”, representando subcategorias ou ideias relacionadas.

2 - Utilize palavras-chave:
Em vez de frases longas, opte porpalavras-chave. Isso mantém o mapa mental conciso e facilita a rápida assimilação de informações.

3 - Faça o uso de diversas cores:
Você sabia que as cores estimulam a memória e a criatividade?

Ao associar cores a diferentes categorias ou conceitos, você cria uma representação visual que facilita a identificação e a recordação de informações.

4 - Inclua elementos visuais e imagens:
O uso de elementos visuais e imagens fazem toda a diferença no processo de criação dos mapas, pois adicionam camadas de significado para o projeto, tornando-o mais atrativo e ajudando na associação de ideias.

5 - Utilize curvas e linhas orgânicas:
Linhas curvas e orgânicas são mais naturais e agradáveis visualmente. Elas conectam os elementos de forma fluida, proporcionando uma sensação de harmonia ao mapa mental.

6 - Mantenha um único nível por linha:
Cada linha no mapa mental deve representar um nível hierárquico. Isso simplifica a visualização e evita confusões, permitindo uma compreensão mais clara da estrutura.

7 - Incorpore setas para indicar relações:
Para indicar relações específicas entre diferentes elementos do mapa, adicione setas que direcionam um tópico ao outro.

8 - Acrescente códigos e símbolos:
Crie um sistema de códigos ou símbolos para adicionar informações extras. Isso pode incluir destaque para conceitos importantes, indicadores de urgência ou qualquer outra informação relevante.

9 - Mantenha a simplicidade e clareza:
Evite sobrecarregar o mapa mental com detalhes excessivos. A simplicidade e clareza são cruciais para garantir que a informação seja facilmente absorvida.

10 - Experimente a organização espacial:
A disposição espacial dos elementos pode influenciar a compreensão. Experimente diferentes arranjos para encontrar o que funciona melhor para o seu estilo de pensamento.

Sinta-se livre para explorar todas as possibilidades!

Veja também: Design thinking: como desenvolver uma abordagem criativa e colaborativa no Ensino Superior

É possível fazer mapas mentais online?

À medida que a tecnologia evolui, a criação de mapas mentais migra do papel para o digital, proporcionando flexibilidade, colaboração e recursos interativos.

A resposta à pergunta é afirmativa: é totalmente possível criar mapas mentais virtualmente, e há uma variedade de ferramentas online que oferecem recursos inovadores. Aqui estão algumas sugestões:

MindMeister: O MindMeister é uma plataforma que permite a criação de mapas mentais colaborativos em tempo real.

Com uma interface intuitiva, oferece recursos como vinculação de documentos, colaboração em equipe e a capacidade de exportar mapas mentais para diversos formatos.

Venha para UNICEUNA e estude em um centro de referência e preparado para te fazer chegar aos seus objetivos!